O que a Vacina Varicela (atenuada) previne?

Varicela (catapora).
Trata-se de vacina atenuada, contendo vírus vivos "enfraquecidos" da varicela, além de gelatina, traços de neomicina, água para injeção. Não contém traços de proteína do ovo de galinha.
Subcutânea.
O que previne?

O que a Vacina Varicela (atenuada) previne?

Varicela (catapora).
Do que é feita?
Trata-se de vacina atenuada, contendo vírus vivos "enfraquecidos" da varicela, além de gelatina, traços de neomicina, água para injeção. Não contém traços de proteína do ovo de galinha.
Local de aplicação
Subcutânea.
VACINAÇÃO SEGURA

Entenda Sua Vacina

As Indicações e Contraindicações dão uma ideia de comportamento da vacina em questão, o que não isenta em buscar informação médica.

Indicação
Contraindicação
É recomendada de rotina para crianças a partir de 12 meses (excepcionalmente, em situações de surto, por exemplo, também para crianças menores, a partir de 9 meses). Todas as crianças, adolescentes e adultos suscetíveis (que não tiveram catapora) devem ser vacinados.
Informe-se com seu médico ou ligue na Previna tel (19) 3212-0281 sobre eventuais contraindicações
FAQ

Questões Sobre Sua Vacina

Após sua vacinação, mesmo tendo recebido todas informações, algumas dúvidas podem surgir, consulte aqui as mais frequentes.

Cuidados antes, durante e após a vacinação
As crianças que usaram medicamentos imunossupressores podem ser vacinadas pelo menos um mês após a suspensão do uso do medicamento. Crianças em uso de quimioterapia para tratar o câncer só podem ser vacinadas três meses após a suspensão do tratamento. Crianças que receberam transplante de medula óssea só podem ser vacinadas de 12 a 24 meses após o procedimento. Qualquer sintoma grave e/ou inesperado após a vacinação deve ser notificado ao serviço que a realizou. Em caso de febre, deve-se adiar a vacinação até que ocorra a melhora. Compressas frias aliviam a reação no local da aplicação. Sintomas de eventos adversos graves ou persistentes, que se prolongam por mais de 24 a 72 horas (dependendo do sintoma) devem ser investigados para verificação de outras causas.
Efeitos e eventos adversos
A vacina varicela é segura em indivíduos imunocompetentes, com taxa de eventos adversos variando de 5% a 35%. Imunodeprimidos podem apresentar eventos adversos mais intensos, embora raramente graves. Em 26% dos vacinados ocorre dor no local da aplicação e em 5% ocorre vermelhidão. Em 1% a 3% podem ser observadas vesículas próximas ao local da aplicação. De 3% a 5% dos indivíduos apresentam exantema pelo corpo, semelhante às lesões causadas pela varicela, com duas a cinco lesões aparecendo entre cinco e 26 dias após a vacinação. Já as lesões que surgem duas ou mais semanas após a aplicação da vacina são indicativas da doença provocada pelo vírus varicela zóster que foi adquirido antes da vacinação e ficou incubado.
Resultados da prevenção no Brasil e no mundo